quinta-feira, 9 de julho de 2015

Como cuidar de sua aura e canalizar energia

     Basicamente, a canalização é a extração de energia. Não é uma prática de uso exclusivo de bruxos iniciados e pode ser realizada por qualquer um. Aliás, muitas pessoas o fazem, mesmo que, de forma inconsciente. Por exemplo, quando você está triste e passa um tempo em seu jardim ou ao lado de seu bicho de estimação, há uma troca de energias entre vocês, mas nem sempre quando extraímos energia da natureza damos algo em troca, o que é injusto.
        Antes de realizar qualquer ritual, a bruxa deve se ligar à terra e realizar a troca de energias, ou seja, devolver a Mãe Terra a energia que não lhe serve mais e que está acumulada em seu corpo, em troca de nova energia extra - você sempre deve retirar energia a mais quando for realizar um ritual, porque metade dela se esvai durante o ato mágico -. Por isso, a canalização é tão importante. Sem a energia extra da canalização, você acaba "doando" sua energia vital e se cansando mais fácil. E, dependendo da complexidade do ritual (abrir ou fechar um portal, realizar um banimento de seres ou energias negativas e pesadas, etc) pode ser perigoso. Veja bem, se estiver no meio de um ritual de banimento contra vampiros astrais, eles vão fazer de tudo para te enfraquecer e ao mesmo tempo se fortalecerem. E adivinhe só como eles farão isso? Roubando sua energia, claro! Se um dia, tiver de realizar um ritual desse tipo, aconselho que, antes, peça ajuda a um deus ou deusa bom de briga como Thor ou Badb, a menos claro que você seja um - entre aspas - "caçador"  como os irmãos Winchester (tá para nascer caçadores mais fodas).
  
 
Ninfas

         Cristais e plantas são ótimas fontes de canalização, mas eu recomendo mais os cristais; primeiro, porque eles são próprios para isso, e, segundo, porque, dependendo de quão negativa seja a energia a qual se está tentando expulsar pode comprometer seriamente a vitalidade das plantas e dos elementais residentes nelas (como ninfas, gnomos e fadinhas). Aliás, tem pessoas com uma energia tão ruim que só de chegar perto daquela sua plantinha, ela seca e murcha. Geralmente, magos negros, pessoas carregadas, possuídas ou atormentadas por algum espírito maligno ou entidade (espíritos assim se grudam em suas vítimas - como parasitas que são - e drenam sua energia a todo momento, deixando a pessoa sonolenta, exausta, mal humorada e/ou deprimida).
        Tem muitos bruxos que gostam de "contratar" gnomos ou elfos para cuidarem de seus jardins e hortas, o que é interessante, uma vez que esses seres levam sua tarefa muito a sério, afastando pessoas invejosas, mal intencionadas ou ladras de sua área, com beliscões, arranhões, tapas, mordidas e o que mais eles puderem fazer. Muitos, podem ainda convocar insetos (formigas, abelhas, etc) para expulsar o invasor ou pessoa indesejada (é neguinho, vai entrando assim no jardim e uma bruxa, não!), mas ele nunca atacam o dono da casa ou a pessoa que os contatou, a menos, é claro, que este invente de destruir o jardim. Eu nunca consegui subornar um gnomo para ser meu jardineiro e os elfos que conheço são meio preguiçosos!
     Como nem sempre é possível contar com a colaboração de um elemental, você pode sempre recorrer aos bons e velhos cristais. Experimente colocar ao menos um em cada vaso de planta... Se devidamente consagrado, ele pode proteger e fortalecer a planta, além de aumentar o poder da ninfa, fauno ou o que seja que habite as plantas, arbustos e árvores de sua casa.
        Já num ritual, você usar um daqueles cristais que vem com um cordão, próprio para usar no pescoço durante essas ocasiões; ou colocar um cristal em cada direção (Leste é Ar, Oeste é Água, Sul e Fogo e Norte é Terra) correspondente aos 4 elementais, no círculo mágico. Ou ainda, pode canalizar energia diretamente deles, mas creio que funcione melhor se os cristais ficarem presentes na hora X.
 

Vamos falar um pouquinho de aura?

Nicole Kidman em Da Magia à Sedução

 

    Também é possível canalizar energia de outras pessoas. Basta tocá-la ou estar de posse de algum objeto pessoal dela (seria perfeito algo que a pessoa use com frequência como um anel, uma pulseira, um brinco, etc). Lembrando que você deve ter a permissão da pessoa, caso contrário, você estará roubando a energia dela, e bruxos do bem jamais tomam algo sem permissão. No momento em que você escolhe roubar energia dos outros, uma "sombra" enfraquece sua aura. Lembra quando a Branca decidiu dar uma de pagar Regina (sim, estou citando OUAT) na mesma moeda e uma mancha negra surgiu em seu coração? É quase a mesma coisa. 
         Todos nós temos uma aura quase tão luminosa quanto a das fadas. Porém, essa luz é visível apenas aos seres espirituais ou aos bruxos que tem o dom de ver auras. Quanto mais praticamos o bem (ou seja, ajudamos os outros e a nós mesmos e procuramos nutrir apenas bons sentimentos como o amor, a compreensão e o perdão) mais iluminada e forte fica a luz de nossas auras. E os seres de luz como anjos e fadas se sentem atraídos por pessoas assim e querem estar sempre por perto, orientando, protegendo e guiando-as para que sua luz não se apague. 
         Já os seres ruins que tem pouca ou nenhuma luz não suportam tanta "luminosidade" e saem correndo como o diabo foge da cruz.
 
 
          Manter uma aura iluminada não é uma tarefa fácil. Somos humanos e sempre somos postos a provas e vencer as tentações é difícil. Quando sentimos raiva de alguém, a luz de nossas auras se enfraquece... Quando perdemos a humildade e nos tornamos vaidosos ou orgulhoso - Vaidosos a ponto de nos acharmos melhores que os outros; e, Orgulhosos a ponto de, mesmo reconhecendo nossos erros não termos a humildade de pedir perdão -, tudo isso faz nossa luz se apagar aos poucos.
          Um humano sem luz é como uma fada sem asas ou uma sereia sem cauda... Um ser inquieto, sem brilho, sem paz, sem amor e alegria de viver. Alguns, quando perdem sua luz ou "suas asas" tornam-se maus, frios, vaidosos (no pior sentido da palavra) e rancorosos. Outros, mais sensíveis, se sentem tão vazios e incompletos que acabam tirando a própria vida... Atiram-se de um penhasco, crentes de que que, no último instante suas asas surgirão e se libertarão, mas tudo o que encontram ao fim da queda é frio, escuro e vazio... E depois disso o que vem é pior. Por isso, não importa qual seja o seu problema ou quão profunda seja a sua ferida, nunca desista de sua vida! NUNCA! Viver é um privilégio e muitos anjos e fadas dariam qualquer coisa só para serem humanos e sentir alguma coisa de vez em quando... Recupere suas asas! Recupere sua luz! Há tanta coisa bonita lá fora...
 


    E como recuperar a sua luz? Em primeiro lugar, afaste de sua mente, de seu coração e de sua vida tudo o que lhe causa dor, raiva ou aborrecimento. É um objeto? Jogue-o fora. É o colégio? Procure um que seja mais agradável. É o trabalho? Arranje outro. O marido, a namorada? Arranje um amante! Brincadeirinha! Haha. Avalie a situação e se houver mais contras que prós, se separe. Para que continuar ao lado de alguém que não te faz mais feliz? Isso é tolice!
          E quanto ao ex e/ou amor não correspondido, doí? Doí! Mas certas coisas, simplesmente não são para ser. Tenha um pouco de amor próprio! Saia com os amigos, conheça pessoas interessantes e PARE de perseguir seu ex! Puxa! Como é que você vai esquecê-lo, vigiando a timeline dele no Face? Aí, fica difícil. Fora que é masoquismo!
          Aprenda com seus erros e tente não cometê-los na próxima! É simples! Como andar de bicicleta... Você cai, às vezes. Mas é só levantar e seguir em frente, mais atento. Nem tudo é o fim do mundo! Adolescentes são muito emotivos e exagerados - eu pelo menos, fui assim -. Terminou com o namorado, quer morrer! Brigou com a BFF, quer morrer! Ficou sem mesada ou de castigo, quer morrer! Falta de vir aqui levar uns puxões de orelhas da tia Dani! Hunfp! >:/
         Qual o problema com essa geração que é tão pouco otimista? É falta de fé numa crença maior como num deus ou deusa. Tenho observado que pessoas que não adoram (adorar é mais que acreditar, é louvar, é honrar, glorificar) nenhum deus ou deusa são mais infelizes e sem esperanças - claro que nem todo mundo é assim, mas muitas pessoas o são - de um amanhã melhor. Por isso, escolha um deus ou deusa que lhe agrade, que tenha ficha limpa (alguns deuses como Zeus e Apolo tem um histórico muito sombrio e violento, por isso, sempre pesquise melhor as mitologias antes de contatar qualquer deus ou deusa para não tomar um susto depois) e que lhe inspire confiança (vale Jeová - o deus cristão) e bora ter fé! E se em qualquer momento decidir que a Wicca não serve para você, de boa... Existem outras religiões e cada um sabe o que é melhor para si e o que lhe faz bem. Eu me sinto bem na Wicca e funciona para mim. O importante é você se sentir bem consigo mesmo.


Como canalizar energia

    Provavelmente, você vai encontrar inúmeras formas de canalizar energia - algumas fáceis, outras não tão fáceis - e todas são válidas, mas vou deixar um exemplo aqui. Lembrando que você mesmo pode criar sua base para isso.
      Canalizar energia exige a habilidade de Visualização (pode-se ativá-la através de prática constante, abrindo o seu 'terceiro olho' ou ainda, com o auxílio de um elemental - uma kitsune seria perfeita para isso), portanto, se você ainda não domina essa técnica, recorra aos cristais que bem mais fáceis de manipular.

1 - Inspire e respire até relaxar.
 
2- Se for um objeto, segure-o com força e visualize a energia dele indo para você (no caso de o objeto pertencer a outra pessoa, pense nela e em qual energia em particular dela você deseja absorver, Força, Alegria, Poder, etc).
    Pode visualizar a energia em uma cor particular. Por exemplo, pode visualizar a Força na cor vermelha e o Poder na cor roxa ou preta.
        Tente sentir a energia fluindo através de você.
Se for experiente ou "sensível" sentirá o efeito da energia sob você, tão logo a absorva.
       Só tenha cuidado quando for absorver a energia de certas pessoas, porque, dependendo da quantidade que você absorver, essa energia pode demorar algum tempo (às vezes, semanas) antes de se esvair por completo de seu corpo. Pegar energia de alguém é como pegar roupas íntimas emprestadas, por isso, cuidado! Pense em que tipo de energia você não gostaria de sentir circulando em seu corpo. 
     Se a pessoa que lhe "doar" energia for uma pessoa desequilibrada (se estiver em desarmonia com os elementos ou depressiva, etc), você sentirá os efeitos disso em você. É uma consequência, um preço a se pagar. Tem suas vantagens e suas desvantagens. Acho que a única vantagem - além da proposta inicialmente - é que, assim como você absorve o pior da pessoa, também, pode absorver o seu melhor. Por exemplo, se ela tem o dom da clarividência, enquanto a energia dela estiver circulando por seu corpo, será possível que você ouça vozes ou veja ou sinta coisas. Mas isso, só enquanto  energia dela estiver em você.

3- Para canalizar energia da terra, coloque suas mãos sob o solo e "puxe" a energia, visualizando a entrar em seu corpo a cada inspiração. Se quiser se livrar da energia, é só fazer ao contrário e, o invés de visualizar que está absorvendo-a, visualize que está entregando-a a terra, mentalizando que os excessos estão se esvaindo de seu corpo e você se sentirá mais leve.

4- Também é possível absorver energia através do Ar, o Prana. Basta ficar ao ar livre e inspira e respirar várias vezes enquanto visualiza que está absorvendo a mais pura energia.

     No fim, canalização não é um nenhum bicho de sete cabeças e é tão simples que espanta! ©

0 comentários:

Postar um comentário