segunda-feira, 8 de junho de 2015

Porque aquele elfo é meu!

 

    Semana passada eu comprei o último DVD de O Hobbit e faz dias que quero escrever esse post, contando o que achei do filme. Eu amo Senhor Dos Anéis e, claro que não poderia deixar de ver O Hobbit. 
     Confesso que, quando vi o primeiro filme, não gostei muito porque tinha poucos elfos e muitos anões. Pense em uma pessoa que não é muito fã de anões... Eu passei o filme todo aguardando ansiosa pela aparição de Legolas. E quando ele apareceu estava mais metido que nunca, e para meu espanto, ele finalmente conseguiu se sujar um pouquinho e ganhou uma manchinha na testa. É de se impressionar que ele nunca se suje ou se despenteei. Ok que ele é um elfo, tem poderes e tal, mas ele é um ser físico e se move... Como aqueles cabelos continuam perfeitos? Como aquela roupa continua bem passada e o que dizer sobre as flechas que nunca acabam? Rá! No último filme da trilogia de o Hobbit, as flechas dela se acabaram e podemos vê-lo usando espadas (para mim, foram espadas, então não me corrijam!). Isso eu gostei... Gostei de Legolas ter sido menos perfeito!
       Sobre a Tauriel, eu amei ela! Achei ela linda e tudo o mais, MAS.... Essa elfa me causou muita aflição! Não! Se vocês tivessem ao meu lado quando assisti o filme, ririam de mim. Eu amei e ao mesmo tempo odiei ela. Desejei sua morte, mas ao mesmo tempo torci para que ela sobrevivesse e até chorei com ela quando Kili (tá certo o nome do baixinho?) morreu! Meu problema foi o mesmo de quando assisti O Senhor Dos Anéis, eu fiquei morrendo de medo de Legolas pegar essa elfa. E juro por deus, quando eles demoraram a chegar para a grande batalha, coisas pervertidas passaram pela minha cabeça... Eu não estava nem aí se todo mundo ia morrer ou não. Eu estava crente de que o Legolas e Tauriel estavam brincando de papai e mamãe no alto das montanhas e pronto! Eu fiquei obcecada com isso e torcendo para o infeliz do Kili sobreviver. Quando ele morreu, eu chorei pakas e pensei: "Daí o Legolas consola ela e eles se casam e foram-se as minhas esperanças de um dia, encontrar um lâmpada mágica e desejar ir para o universo deles". kkkkkkk. Mas, para minha sorte, Legolas deixou Tauriel e foi atrás de Passolargo porque ele gosta é de macho. Opa! Não, eu quis dizer é que... Deixa para lá!
      Eu preciso dizer que me apaixonei por aquele hobbit fofo, covarde   valente e ladrão? Se eu não amasse tanto aquele elfo fodão, enfiava o baixinho num saco e trazia para a casa (mesmo sabendo que depois ele fica velhinho). Haha.
        Dos três filmes, esse foi o melhor! O mais emocionante, o mais divertido e o mais tudo! Claro, não se compara com a trilogia de O Senhor Dos Anéis, mas é muito bom. Eu recomendo a quem ainda não assistiu. Aliás, você aí que nunca assistiu nem O Senhor Dos Anéis, acorda para a vida, amiguinho e assiste de uma vez! Você não vai se arrepender! É impossível não se encantar com os hobbitses, não se fascinar com os elfos, não temer o dragão, e não amar todo aquele universo. Honestamente? Se você não gostar de O Senhor Dos Anéis ou de O Hobbit, você nunca vai gostar de elfos... Não como eu gostei!
          É verdade que, na realidade, os elfos não são como na ficção, mas uma coisa puxa a outra. Veja bem, se você gosta de fadas é porque leu ou viu filmes sobre elas... A mesma coisa com elfos! Você tem de sentir o "falso" encanto para saber se gosta ou não. Você tem de ter uma ideia mesmo que vaga do que são elfos. Do contrário, quando ver um não vai nem se dar conta de que o que está diante de você é um elfo. Vai pensar que um fantasma ou demônio, que é o que as pessoas comum pensam quando veem um espírito. O que elas não sabem ou se esquecem é que demônios só aparecem a quem os invoca e fantasmas não podem ficar zanzando por aí quando bem entenderem. O mundo astral está cheio de regras (porque sem regras tudo vira um caos) e os espíritos tem de segui-las! Por isso, eu aconselho que abra a sua mente. Leia, assista filmes mas não acredite em tudo o que lê ou vê. Há uma certa verdade mascarada nos filmes, mas está bem escondidinha... Quase insignificante. Quer um exemplo?  Em As Crônicas De Spidewick, aquele lance do mel apaziguar os gnomos é verdade. E lembra daquele pedra com um furo no meio (em Coraline, também aparece uma pedra semelhante) que permitia ver os Elementais? No famoso Tabuleiro Ouija, é usada uma pedra semelhante. Isso também é verdade. Estou preparando um post que vai falar mais sobre as verdades ocultas nos filmes e livros. Sai em breve! Daí, vocês vão entender melhor sobre o que estou falando. ;)

      É isso, meus lindos!
Até o próximo post!