terça-feira, 22 de maio de 2012

Harry Anderson e os gnomos



  Em noite de verão de 1919 o jovem de 13 anos, Harry Anderson, andava em uma estrada isolada do interior, perto de Barron, Wisconsin, quando viu algo distintamente estranho. Vinte pequenos homens, alinhados em uma única fila e indo na sua direção. Eles estavam visíveis à luz da lua. Até mesmo quando passaram por ele, não lhe prestaram atenção. O jovem Anderson percebeu que estavam vestidos em calças de couro até os joelhos e que tinham suspensórios. Não usavam camisas, eram carecas e sua pele era branca pálida. Embora todos eles fizessem sons de resmungos, não pareciam se comunicar entre eles. Aterrorizado, Anderson continuou seu caminho e não olhou para trás. Este encontro bizarro permaneceu vívido em sua memória pelo resto da vida.

0 comentários:

Postar um comentário